WARNER/DC perde direitos sobre Origem do Superman

WARNER/DC perde direitos sobre Origem do Superman

E ainda nesta semana, umas das eternas batalhas existentes na corte federal envolvendo o mundo dos quadrinhos chegou ao fim. Um final feliz devemos acrescentar, já que a família do co-criador de Superman conseguiu recuperar os direitos da origem deste ícone das HQ’s das mãos dos estúdios da Warner.

superman_logo

Os direitos do personagem consistem em trabalhos adicionais baseados na obra, as antigas tiras de jornal e principalmente parte da pioneira dos quadrinhos, a revista Action Comics e os demais títulos próprios de Superman.

A bem sucedida incursão da família Siegel se deu baseada na constatação da corte de que tal obra não teria sido realizada sob contrato, mas sim através da ação de direitos de cópia, o que lhes garantiram novamente a posse das origens do Homem de Aço.

O filho de Krypton fez sua estréia nos quadrinhos em 1938 na revista Action Comics. Seus criadores, a dupla Jerry Siegel e Joe Shuster, assinaram um “contrato” em favor do lançamento pela Detective Comics (DC) e em 1974, e sob a decisão da corte, foram obrigados a ceder todos os direitos do personagem de maneira definitiva.

Curiosamente em 2008, a mesma corte já teria interferido no caso, ao decidir devolver parte da mitologia do personagem para a família dos criadores, cujos elementos envolviam o uniforme, o Planeta Diário, assim como também Lois Lane e consequentemente o famoso elemento “quase” triângulo amoroso entre a repórter, Clark Kent e Superman.

No entanto, a editora DC Comics tem como sua propriedade, as habilidades do Kryptoniano, como o poder de voar (originalmente Superman somente dava grandes saltos sobres os edifícios), o termo Kryptonita e os personagens Lex Luthor e Jimmy Olsen.

Em declarações, a Warner Bros., ao lado da DC Comics, se dizem felizes com a decisão, já que ainda detém os diretos de muitos elementos chave do personagem, os quais foram elaborados depois da primeira edição da Action Comics, e que não pertencem ao processo em questão.

Fontes: Jovem Nerd (Oliver) e DCComics.com

[ad#demo-advert]
[ad#mlivre-posts]

Deixe um comentário

comments