Morre Frank Frazetta

Morre Frank Frazetta

Uma das lendas contemporâneas da ilustração fantástica, Frank Frazetta, morreu, aos 82 anos, vítima de um derrame, conforme informaram seus agentes Rob Pistella e Steve Ferzoco.

Segundo Pisttella, o artista regressava de um jantar em família (ligado ao dia das mães, comemorado internacionalmente no domingo passado) quando passou na mesma noite. Socorrido e levado ao Lee Memorial Hospital (hospital próximo a sua casa nas Montanhas Poconos, Pensilvânia), morreu nesta segunda-feira, na madrugada de 10 de março.

Frazetta (nascido em 9 de fevereiro de 1928) foi umartista notável por seu trabalho com quadrinhos, capa de livros, pinturas, posters, capa de discos, e outros tipos de mídia, trabalhando muito com a temática medieval e de fantasia fantástica. Entre seus trabalhos conhecidos estão hqs dos persnagens Buck Rogers, Flash GordonLi’l Abner (Ferdinando, no Brasil). Desenhou o cartaz do filme What’s New Pussycat?, em 1964, o primeiro de Woody Allen, num elenco de estrelas como Peter Sellers, Peter O’Toole, Romy Schneider e Urssula Andress.

Seu estilo realista o fez o candidato ideal para ilustrar álbuns de heavy metal como Expect No Mercy, da banda de rock escocesa Nazareth, entre outros discos.

Mas os fãs de quadrinhos lembram-se muito de seus trabalhos ilustrando o personagem Conan, o Bárbaro, com suas artes hiper-realistas para os livros do herói, com mulheres seminuas e figuras masculinas fortes, que ajudaram a popularizar o personagem quando suas histórias, criadas na década de 30, voltaram a ser publicadas nos anos 70. O estilo de Frazetta influenciou não só a ilustração de fantasia e ficção científica, mas também os quadrinhos e o cinema.

Em tempos de artes digitais e capas “posers”, a arte de Frazetta é alicerce fundamental à composição da imagem grafica na mídia e como o talento de um artista pode criar mundos em seus traços.

Descanse em paz, Frazetta!

Fonte: ArgCast
ReproduzirReproduzir

Deixe um comentário

comments