De Volta para O BATMAN do Futuro

De Volta para O BATMAN do Futuro

Terry McGinnis, o Batman do Futuro, retorna em junho numa minissérie própria nos EUA (veja imagem promocional ao lado).

Mas desta vez não quero falar de novidades, mas sim relembrar a animação Batman do  Futuro. Na época achei o desenho bem inovador, ao mesmo tempo em que respeitava o passado em alguns detalhes, como Barbara Gordon tomando o lugar de seu pai como comissário de polícia, o cão Ace, a limosine de Bruce Wayne que era um Batmóvel adaptado e por aí vai.

A série tinha a habilidade de criar tramas fechadas que funcionavam muito bem, e não se travava apenas de um substituto de Batman. Terry era um Batman bem diferente, muitas vezes lembrando as melhores aventuras do Homem-Aranha nos 70, com direito a coadjuvantes “civis” cativantes, problemas com a família e na escola, inimigos relacionados à vida pessoal e outros elementos em comum.

Mesmo se passando no futuro, vez por outra ressurgia algum inimigo de Bruce Wayne, embora isso fosse raro, algo surpreendente, afinal era de se esperar que a produção apalasse para isso mais vezes. Não foi o caso, e isso só ajudou a marcar ainda mais a série, a tornando ainda mais original, pois as participações especiais eram especiais de verdade, como os casos de Bane e Sr. Frio.

 

Em um dos episódios, surge até uma Liga da Justiça do futuro, liderada por um Superman um pouco envelhecido e cheia de caras novas. Anos depois, ficaria fácil notar que essa Liga ajudou a desenvolver a série animada da Liga do presente, acabando até por aparecer parcialmente na série. Ironicamente, Batman do Futuro foi o começo da Liga animada, para anos depois ter sua história concluída justamente num episódio da Liga.

Batman do Futuro ainda deu alguns frutos: uma minissérie e uma série mensal em quadrinhos, e a animação derivada Projeto Zeta, estrelada pelo robô Zeta, que surge em Batman do Futuro. Infelizmente a qualidade de Zeta não era digna de nota, até porque o desenho era indicado para um público um pouco mais jovem.

Mas o derivado mais lembrado é sem dúvida o longa-metragem Batman do Futuro: O Retorno do Coringa, que chegou a ter também uma adaptação em quadrinhos. A trama mostrava Batman e companhia no presente enfrentando o Coringa pela última vez. No futuro, o vilão retorna, o que acaba por desvendar uma trama que abalou os herois de Gotham no passado.

Batman do Futuro marcou época e deixou boas lembranças, resta esperar apenas duas coisas: que a nova minissérie tenha a mesma qualidade que o desenho, e que a Warner se digne a lançar os DVDs do programa no Brasil.

 

Leonardo Vicente (redator dos sites HQManiacs e FalaAnimal)
ReproduzirReproduzir

Deixe um comentário

comments