O Thor de Walt Simonson – Parte 16

O Thor de Walt Simonson – Parte 16

Thor Walt Simonson 16 ATHE MIGHTY THOR n°s 375 a 378 (Janeiro a Abril de 1987)

História:
– “Shadows of the Past” – Roteiro: Walt Simonson, Arte: Sal Buscema
– “Heroes Always Win… Don’t They?” – Roteiro: Walt Simonson, Arte: Sal Buscema
– “This Hollowed Armor” – Roteiro: Walt Simonson, Arte: Sal Buscema
– “When Loki Stood Alone” – Roteiro: Walt Simonson, Arte: Sal Buscema

Publicações brasileiras que apresentaram esta história:

 – Superaventuras Marvel 111 e 112 (publicada em Setembro e Outubro de 1991, pela Editora Abril) com os títulos “Sombras do Passado”, “Os Heróis… Sempre Vencem?”, “Obra Inacabada” e “Traição”. Revista mix onde também eram publicadas as histórias do Justiceiro, uma história curta do Doutor Estranho e um epílogo para a saga do personagem Estigma (do Novo Universo Marvel). A edição 112 foi uma espécie de especial com o Thor. Mesmo abrindo com uma história do Justiceiro, seguida do Estigma, trazia as três partes restantes dessa saga. Para tanto, a edição teve 130 páginas.

Os Maiores Clássicos do Poderoso Thor n° 5 (publicada em Janeiro de 2012, pela Editora Panini) com os títulos “Sombras do Passado”, “Os Heróis Sempre Vencem… Certo?”, “A Armadura Vazia” e “Quando Loki Lutou Sozinho”. Quinto e último encadernado reunindo das histórias de Thor escritas por Walt Simonson.

Enredo e Observações: 

Sob influência de um feitiço de Hela, a deusa asgardiana da morte, os ossos de Thor se tornaram quebradiços e o irão levar a um universo de dor inimaginável. Já com o seu braço quebrado, o deus do trovão recorre a Tony Stark para tentar ajudá-lo. Stark cria uma espécie de proteção para seu braço quebrado, lhe dando a força, agilidade e resistência de outrora.

Feliz pela ajuda do amigo, Thor vê uma galeria de inimigos que já enfrentou surgirem como se fossem mágica. Primeiro, enfrenta a criatura conhecida como Homem-Fera (criada pelo Alto Evolucionário e enfrentada por Thor tempos atrás). Logo em seguida, em outro local, enfrenta o vilão Destruidor, integrante da Gangue de Demolição. Porém, algo peculiar se esconde por trás dessas aparições. Assim que os derrota, os vilões mudam de forma e se tornam meros mortais idosos. Ao que tudo indica, alguém está manipulando a situação, tornando inocentes cidadãos em inimigos para que Thor enfrente. O deus do trovão, temeroso por ferir mortais inocentes, decide se conter nas próximas batalhas.

O próximo vilão a aparecer magicamente é o Homem-Absorvente. Inicialmente, Thor leva uma surra do inimigo por estar contendo sua força. O que ele não sabe é que, diferente dos vilões anteriores, este realmente é o Homem-Absorvente e não um mortal transformado. Esse malévolo plano tem sido manipulado por Loki, que descobriu o segredo dos ossos quebradiços de Thor e o colocou frente a frente com o poderoso inimigo, para que esse lhe cause ferimentos irreversíveis.

Assim como o Homem-Absorvente, outra vilã que surge por magia é Titânia, amada do vilão. Porém, esta é mais uma mortal transformada por Loki e, em meio à batalha, ela tem seu pescoço partido. Vendo sua amada sendo morta, e não sabendo da verdade, o Homem-Absorvente ataca ainda mais ferozmente. Em todos os golpes, os ossos de Thor sofrem algum dano. Em certo ponto da batalha, o vilão utiliza seus poderes e absorve o metal do próprio martelo de Thor, tornando-se ainda mais poderoso. Tentando fugir, o herói convoca um vórtice dimensional, mas algo inesperado acontece. O vilão acaba absorvendo o próprio vórtice e é enviado a uma dimensão desconhecida. Por enquanto, Thor está livre dos ataques do Homem-Absorvente.

Esgotado e ferido, Thor acaba desmaiando em frente a uma equipe de TV que transmitia a batalha (de forma sensacionalista e questionando se a presença de super-heróis também não seria uma ameaça ou mesmo se a coragem dos mesmos se limitava a enfrentar cidadãos comuns). Loki, assistindo a tudo, prepara um novo ataque a Asgard.

Mais tarde, Thor é tratado e diagnosticado por um médico de Midgard, constatando que vários ossos, entre seus braços e costelas, estão fraturados. O deus do trovão encontra a solução de seu problema dirigindo-se a uma metalúrgica em Pittsburgh onde inicia a manipulação de metal derretido para criar algo que diminua sua dor. O aço é também atingido por trovões que ele convoca. No entanto, manipular metal como está fazendo incomoda seus inimigos elfos negros, que enviam o monstro Grendell para derrotá-lo. A criatura é derrotada por Thor, mas assim que os demais elfos estão prestes a matá-lo, ele é levado por Loki a seu castelo.

Loki, para destruir Asgard, utilizou o poder do X-Man Homem de Gelo (que sequestrou em Midgard) para devolver o poder aos Gigantes de Gelo. O poder do mutante, que já era grande, acabou potencializando demais o maquinário de Loki e os gigantes estão mais poderosos do que nunca. A situação começa a sair do controle do manipulador Loki. O que o vilão não contava é que esse aumento de poder veio justamente da resistência do Homem de Gelo, que sobrecarregou seu maquinário.

Thor, que foi deixado para que os Gigantes de Gelo o machucassem ainda mais (pois o feitiço de Hela também impedia que ele morresse), se recupera enquanto Loki revida contra os próprios gigantes dentro de seu castelo. Isso lhe dá tempo para que traga a armadura que criou na metalúrgica em Pittsburgh, com a qual teria seus ossos protegidos de mais danos. Vestido nela, Thor consegue derrotar os gigantes, livrar o Homem de Gelo e, enfim, salvar seu traiçoeiro irmão.

Apesar do rosto barbado, Thor ainda não havia sofrido nenhuma mudança visual drástica. Nesse sentido, Walter Simonson até abusou de alterações. Além de ser o responsável em dar barbas ao deus do trovão, é bom lembrar que a versão “sapo” faz parte dessa galeria. Mas o uniforme clássico do personagem, até então ficou inalterado. Até então.

E, novamente, a ligação entre o casal Simonson (Walt e Louise) reflete nessa saga, onde o Homem de Gelo era integrante do X-Factor, na revista do grupo, que Louise escrevia.

Leia também:

O Thor de Walt Simonson – Parte 1

O Thor de Walt Simonson – Parte 2
O Thor de Walt Simonson – Parte 3
O Thor de Walt Simonson – Parte 4
O Thor de Walt Simonson – Parte 5
O Thor de Walt Simonson – Parte 6
O Thor de Walt Simonson – Parte 7
O Thor de Walt Simonson – Parte 8
O Thor de Walt Simonson – Parte 9
O Thor de Walt Simonson – Parte 10
O Thor de Walt Simonson – Parte 11
O Thor de Walt Simonson – Parte 12
O Thor de Walt Simonson – Parte 13
O Thor de Walt Simonson – Parte 14
O Thor de Walt Simonson – Parte 15

Deixe um comentário

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *