Beladona: os bastidores de um ataque cardíaco!

Beladona: os bastidores de um ataque cardíaco!

Ana Recalde, a nossa querida Ananinha, dispensa apresentações aqui no Dínamo Studio. Não é mesmo?

946263_10201578469811665_1508846220_n

 

Ainda assim, certas regras de redação me obrigado a inserir meus leitores queridos em um contexto… Pois nem todo mundo precisa saber que a Rainha dos Argonautas começou a gravar o ARGCast no especial sobre garotas; no primário, usava cadernos do Metallica enquanto as coleguinhas ainda com a Moranguinho na capa;  enfrentou os achaques de fanboy do Fabiano em Batman Vs Superman; apoiou os argonautas em mais de uma entrevista e, claro, não podemos nos esquecer do cosplay de Sakura Card Captor e do amor declarado, sem vergonha e escancarado pelo Asa Noturna! (ok, ninguém é perfeito, né?)

Muito bem. Agora que você já tem uma pequena retrospectiva da passagem da Ananinha pelo ARG. Também vale dizer que ela é responsável pelo sucesso,  Patre Primordio, HQ impressa e online que inovou com direito a projeto de dublagem por Fernanda Fernandes. Mas não é desse sonho realizado que vamos falar nessa coluna.

Mas de um pesadelo que veio ao mundo físico!

E que pode ser adquirido por esse link.

Quando foi que um sonho ruim fez tanto sucesso na internet?

10615407_10205284550021354_7243076543098071443_n

Foi no final de 2011 que Beladona surgiu no site de webcomics Petisco. E foi no ArgCast que fez sua primeira divulgação na podosfera. Aqui nasceu a piada sobre se tratar de uma graphic novel da atriz pornô! (trocadilho cortesia  de quem mais? do Daniel “Lábios da Rata” HDR).

 

Dizem por ai que as coisas não nascem de geração espontânea. Isso é verdade sobretudo para com Beladona! Me recordo que, de pouquinho em pouquinho, todo sábado o leitor pôde contar com pelo menos uma página de quadrinhos. Não demorou muito para Beladona formar um publicou fiel.

Fiquei feliz quando a HQ foi duas vezes consecutivas indicada ao HQMiX – a maior premiação brasileira de gibis. O desenhista, Denis Mello, quem tem um traço elogiado pelos leitores é um talento também indicado como quadrinhista revelação pelo mesmo troféu. E mais ano passado o Petisco ainda ganhou o troféu por quadrinho revelação!

E foi ai que nós do Dínamo percebemos que a coisa ficou séria…

Matéria Prévia Beladona

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nos Bastidores da versão impressa

Se você leu até aqui, merece saber as informações de bastidores. Que tal?

Era um pouco depois de junho (isso seria, algum dia do mês de julho?) e eu já trabalhava para a Avec Editora. Havia auxiliado na campanha de divulgação de Rio: Zona de Guerra e possivelmente estava falando sobre Doctor Who com a Ananinha no chat do Facebook.

Nessa mesma semana, o Artur Vecchi [o editor da Avec] havia me comunicado que planejava investir em talentos brasileiros de quadrinhos. E me veio logo a mente: Vou falar com a Ana para lançar a Beladona que é tão premiada!

Mentira! Eu não penso tão rápido assim. Aconteceu alguns dias dessa cobraça do Artur (é sério gente ele me amarrou numa cadeira em um quarto escuro e me fez assistir Brasil e Alemanha e ameaçou: “eu quero que você me consiga algum artista de quadrinhos.”

Prévia Beladona 1

Outra Mentira! Na verdade não foi bem assim. Eu não sou tão bom estrategista de publicações e nem houve sequestro relâmpago e tortura me fazendo assisitir 7 gols em menos de 20 minutos. Foi mais para um:  “Ananinha. A Avec está querido publicar novos autores. Você tem interesse de mandar algum original?”

Sim, chato assim. Mas espere que não pará por ai… Ainda tem mais.

Galeria Beladona por Fabio Cobiaco

 

Os Bastidores na Multiverso Comic Con

Com a chegada da Multiverso Comic Con 2014 em Agosto, enchi o saco da Ana para que viesse a Porto Alegre o quanto antes! Claro que ela não veio por causa de mim, mas para divulgar seu trabalho no artist alley e expor os comics do Petisco, junto com zines de alguns capítulos de Beladona.

Mas como raposa velha que sou já notifiquei o Art [eu chamo ele assim… soa gay eu sei] de que ele “estava prestes a conhecer no evento a primeira autora de gibi da Avec”.

Então passei para ele tudo o que ele precisava saber para se interessar em publicá-la. Coisas como: o sucesso que foi Patre, a fama dela entre os Whovian – sorte nossa ele adorar Doctor Who -, a é popularidade no ArgCast e, principalmente, a mente brilhante e psicótica que a Ana tem para escrever histórias!

Já a Ana, queria mesmo ter um contato dentro de uma editora. Ela queria mesmo deixar de correr atrás da parte burocrática de divulgar o seu trabalho, para começar a fazer aquilo que faz de mão cheia: sentar a bunda na cadeira e escrever!

Prévia Beladona 3

Todas as conjunções estavam alinhadas. Até mesmo a data era auspiciosa. Editora e escritora iriam conversar num dos maiores eventos de HQ do Rio Grande do Sul. Não havia como dar algo errado…

… Mas ai veio o nervosismo!

 Financiamento Coletivo: Ai meu coração!

Só meses depois é que descobri que a Ana e o Denis já planejavam iniciar um projeto de financiamento coletivo no Catarse. E que, mesmo assim, a Avec Editora entraria de cabeça no projeto oferecendo catalogação, distribuição e divulgação em mídias e revistas – e é aqui que eu entro!

Mas agora veio outro tormento. Beladona precisava ser financiada. O valor pedido não era muito para um projeto de quadrinhos (R$ 30 mil). Logo nos primeiros dias atingimos metade da quantia necessária para bater a meta.

Mas as contribuições diminuíram depois dai… Deu medo gente! (diz ai Ana Recalde) Fiquei preocupado em ter que ver aquele sonho morrer na praia.

Galeria Beladona por Vitor Caffagi

Passamos a adotar a estratégia básica de encher a timeline e inbox dos amigos (e não amigos) com links para a página da Beladona. Acho que todos tivemos, apesar de confiar em nosso público, aquela insegurança causada por uma força natural chamada: cagaço!

E felizmente para nós pesadelo de Samantha não acabou!

 

A emoção de ver o livro publicado

10833960_10205554678614400_1304586130_n

 

E Faltando 3 segundos para a bomba  do filme do 007 explodir “BOOOM!”  Beladona foi financiada! Eu juro que estava em outros afazeres quando soube da notícia. Senti um alívio, mas tive que voltar às atividade profissionais. Estava terminando meu deadline para alguns artigos relacionados a um freela que fazia.

 

Nem sei se cheguei a parabenizar a Ana e o Denis pela empreitada. Mas conseguimos! E foi com o apoio de mais de 600 pessoas que investiram grana na ideia da dupla de artistas e mais de mil pessoas que compartilharam o projeto nas redes sociais.

Mas, Vagnerd, o que você fez pelo projeto, afinal?

Absolutamente nada! Nada mesmo! Como você pode ter visto nesse post. O grande mérito por tudo são das mentes criativas (a Ana e o Denis) e administrativa (o Art)

Só indiquei fiz as pessoas conversarem umas com as outras.

Mas, Vagnerd, sobre o que trata essa Beladona?

Nem mesmo resenha eu chegue a  escrever, pois o nosso amigo Rafael Rodrigues já fez um artigo fantástico em sua coluna Sarjeta do Terror . O que gostaria mesmo era desabafar sobre o quão emocionante foi acompanhar a batalha enfrentada por uma amiga e ver todo esse processo até ver o dia de hoje (dia 17), quando vi essa foto com os exemplares encadernados recém saídos da gráfica:

ess

 

“Beladona é sensacional!

É deprê, punk e violenta

E Mesmo assim, um ótimo presente de Natal”.

Você notou que “sensacional” rimou com “Natal”?

__________________________

Vagnerd, não pude apoiar no Catarse. Mas agora quero comprar um. Tem como?

Capa BeladonaTem sim! A grande mágica desse projeto é que mesmo quem não ajudou poderá adquirir um exemplar. Bastar acessar a loja virtual da Avec Editora e em breve nas principais livrarias de todo Brasil.

A versão impressa tem formato de luxo, 200 páginas coloridas em papel couche e capa cartonada e pode ser adquirida por esse link.

O grande mestre Julio Shimamoto, escreve o prefácio dessa obra que conta uma galeria de arte com desenhos de Vitor Cafaggi, Danilo Beyruth, Fabio Cobiaco e Mario Cau.

Nada mais justo para uma HQ lançada na maior convenção brasileira de cultura pop: a Comic Con Experience 2014!

Você não pode deixar de ler mais uma obra-prima dos quadrinhos de terror!

Acesse agora mesmo a Avec Store e garanta já seu exemplar. Ou se preferir, leia os três primeiro capítulos gratuitamente em: Petisco.org/beladona.

PS: E vocês terão que me aturar falando de Beladona por um longo tempo. É que sobrou verba do financiamento para fazer pôster, card, RPG, livro e o que mais tiver direito.

Deixe um comentário

comments

Um comentário sobre “Beladona: os bastidores de um ataque cardíaco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *