Charlie Brown e Cia vendidos em negocio milionário

Charlie Brown e Cia vendidos em negocio milionário

Iconix Brand Group Inc., em parceria com a família do falecido criador Charles Shultz, adquiriu os direitos sobre a série Peanuts por US$ 175 milhões. Peanuts era até então propriedade da United Feature Syndicate e da E.W. Scripps.

Jean Schultz, viúva de Charles e uma das mantenedoras do seu legado, disse que seu marido manteve uma ótima relação profissional com a United Feature e que a separação foi amigável. Segunda ela, esse acordo com a Iconix permitirá que os Schultz trabalhem com uma empresa mais próxima e que respeita os personagens e a forma como a família conduz seus negócios.

 

Para os que não conhecem (e os que conhecem pouco lembram da série como “a série do cachorro Snoopy) Peanuts mostra, pela ótica de um grupo de crianças, o perfil cultural – político – social norte-americana resultante do pós-guerra. Charlie Brown e sua turma estão retratados os sentimentos de insegurança, inadequação e melancolia que sempre acompanharam o cartunista e que são pertinentes a todos nós, seres humanos. E atualmente vem sendo publicada em mais de 2,6 mil jornais em todo o mundo, e é um caso único no mundo dos quadrinhos: suas tiras continuaram a ser criadas ininterruptamente ao longo de 50 anos, sempre desenhadas por Schulz, que recusava-se em ter assistentes.

Não por acaso, a última tira inédita foi publicada em 13 de fevereiro de 2000, um dia após sua morte.

Fonte: HQManiacs

Deixe um comentário

comments